Aqueles 99% é Matrix

A trilogia Matrix conquistou jovens em todo o mundo, cheia de efeitos especiais, ela veio na virada do século trazendo uma espécie de critica.
Uma aventura de ficção cientifica, onde a terra é totalmente dominada por maquinas dotadas de inteligencia artificial que passam a controlar a humanidade. A mente humana. É basicamente tudo uma mera ilusão? É, uma ilusão.
Em um dos diálogos de Matrix Neo questiona Morpheus.
Neo: O que é Matrix?
Morpheus: Você quer saber o que é Matrix? Matrix está em toda parte (…) é o mundo que acredita ser real para que não perceba a realidade.
Neo: Que verdade?
Morpheus: que você é um escravo, Neo. Como todo mundo, você nasceu em cativeiro. Nasceu em uma prisão que não pode ver,cheirar ou tocar. Uma prisão para a sua mente.

Quando eu assisti isso lá pelos meus 11 anos de idade, eu não me importei com nadinha desse diálogo, eu só me importava com os efeitos e as cenas de ação mesmo.
Daí fui reassisti recentemente e foi como se um balde de água fria caisse sobre mim. (Amém, né?)
Estamos em cativeiro, trabalhamos para alimentar a quem? nós mesmos ou o estado? temos vivido em função de um capitalismo que nos oprime e deixamos de lado a essência da vida.
Será que o que vivemos é ilusão? E que a gente faz dela algo real?
Bem, a gente chega a esse mundo com um conjunto de ideias prontinhas nos esperando, coisas meio que já “estabelecidas”, seja pelos nossos pais, pela nossa escola, instituições religiosas. ..
E o pior é que com o passar do tempo a gente alimenta ideologias baratas sem se dar conta, somos alienados e ignorantes.
Uma grande massa acha que as mulheres são inferiores. Que todo morador da favela é bandido. Que os pobres são burros. Que os negros são sujos e vieram da África. ENFIM. Diferente do filme Matrix onde uma máquina controla a humanidade, na vida real somos nós mesmos com nossas ideias que movemos o mundo, acreditando que as coisas são assim e “sempre serão assim”.
A gente meio que não pensa no por que das coisas, e se realmente tem que ser como são.
A gente simplesmente “vai na onda “. Se uma pessoa não consegue um emprego a sociedade vai dizer que ela “não é capaz”, mas a gente para pra pensar na vida daquela pessoa que se candidatou a vaga?
Se ela frequentou boa escola, bons cursos, se não trabalhava em um trabalho explorador apenas pra ajudar na renda mensal da família, se ela tinha acesso e frequentou museus, bibliotecas, cinema, teatro etc. Nós pensamos nisso?
Ela vai ter chances contra alguém que teve mais condições? Seria então justo com aquela pessoa? Ela realmente não é capaz? Isso é o que chamamos de meritocracia…
Bom, eu só quis fazer uma analogia ao nosso mundo. Refletir. Matrix é um daqueles filmes que apesar de ser um sucesso de publico, é claramente pouco interpretado, principalmente por nós mesmos (jovens) , então. .. A gente acredita ser real para que não se perceba a realidade. Mas, bom, já está na hora de perceber.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s