Café com Zé

Alguém tem o mapa da alma da mulher?

cri cri cri…

É Zé, acho que não mesmo… E existe saudade mais cortante que a de um amor ausente? Também creio que não, aliás o sinônimo de amar não seria sofrer?

Mas, dane-se né? Não vou beijá-lo gastando assim o meu batom, deixa esse amor ausente pra lá e vem bater um papo musical comigo nessas minhas tardes fagueiras com meus devaneios tolos.
Você aí conhece o Zé? É, o Zé! Zé Ramalho? Sim? Olha, você é dos meus! Não? Wow, Vambora conhecer!

Zé Ramalho é um cantor brasileiro de mpb, rock e musica tradicional. Um senhorzinho muito filosofo e cheio de estilo, ta aí, eu fico aqui matutando no dia que ele morrer (não que eu deseje isso), mas sei que as pessoas só vão começar a nota-lo a partir daí, ele é conhecido sim, mas ainda acho que poderia ser bem mais.

(Eis aqui a minha contribuição para tal. Amém.)

O Zé me lembra toda a pegada musical do falecido ( e adorado) Raul Seixas, não é atoa que ele chegou  fazer um tributo para o tal com o titulo “Zé Ramalho canta Raul Seixas”, mais tarde (2015) foi a vez dele ser homenageado Por Zeca em “Zeca Baleiro canta Zé Ramalho”.

Ah, ele é sim parente da Elba Ramalho, primos mais precisamente.

Bom, graças aos céus eu já tive a oportunidade de ir em três shows dele (pena que A- Não consegui nenhuma foto com ele e B- Eu nem era tão tão fã assim, era meio pirralha) mas eu lembro muito bem que era uma explosão cultural, artística e totalmente agradável de presenciar e apreciar.

Suas musicas já foram trilha de novelas como Roque Santeiro, Fera ferida, O rei do gado, Cordel encantado e muitas outras, e de filme e serie também, como em Lisbela e o prisioneiro e Justiça.

Vamo ouvir?

1- Entre a serpente e a estrela

“Toco a vida pra frente fingindo não sofrer mas o peito dormente espera o bem-querer.”

 

2- Táxi Lunar

“Bela linda criatura bonita, nem menina nem mulher.”

 3- Chão de giz

“Eu desço dessa solidão, espalho coisas sobre um chão de giz. Há meros devaneios tolos a me torturar.”

 

4- Beira-mar

“Além, muito além onde quero chegar

caindo a noite me lanço no mundo além do limite do vale profundo.”

 

5-  A dança das borboletas (trilha Lisbela e o prisioneiro)

“E as borboletas estão invadindo os apartamentos, cinemas e bares.”

 6- Companheira de Alta luz

“Você faz chover no fogo do sertão

Você faz o mar secar e o céu cair no chão.”

 7- Frevo Mulher

“Quantos elementos amam aquela mulher?

Quantos homens eram inverno Outros verão.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s