TV Brasileira: Sotaque Encantado?

 

 Nas minhas aulas de línguistica tenho aprendido bastante sobre o preconceito que se tem acerca da línguagem do interior, pincipalmente do nordeste. (XÔ preconceito!)
   O trabalho de Marcos Bagno, “O preconceito línguistico” têm sido meu aliado e educador hshs (super indico!)
    Bem, ontem eu estava pensando em assistir alguma coisa legal, diferenciada e me lembrei que não consegui assistir a estreia (nem os capitulos) de “amorteamo” (pois, queria muito assistir e tinha aula) fui pesquisar a série, fiquei muito surpresa quando descobri que ela foi ambientada no Recife antigo e que os personagens eram consequentemente, pernambucanos.
   Lembro de ler na obra de Magno;
                 “O que está em jogo aqui não é a língua, mas a pessoa que fala essa língua e a região geográfica onde essa pessoa vive. Se o nordeste é “atrasado”, “pobre”, “subdesenvolvido” ou (na melhor das hipóteses) “pirotesco”, então, “naturalmente”, as pessoas que lá nasceram e a língua que elas falam também devem ser consideradas assim… Ora, faça-me o favor, Rede Globo!” (BAGNO, 2011)
   E sim. Infelizmente tenho notado em muitas novelas ou programas de humor que o nordeste é retratado de uma forma que só existe na cabeça desses roteristas, escritores e diretores, com uma fala e um ambiente que eles costumam denominar de “nordeste”, mas, fala sério, o nordeste não é assim não, tão pouco os nordestinos. OXE!
  E essa minha indagação toda me fez perceber que para MIM as melhores produções “artisticas” da Globo carregam o sotaque, a cultura e a arte nordestina. Duvida? haha Vamos fazer o seguinte, vou te relembrar das produções exibidas na Globo que o nosso “Oxe, Oxente, Chegô” e por aí vai foram  proferidas pelos personagens e encantaram a crítica e o público e aí você me diz se eu não estou certa, okay?
AMORTEAMO-
Seriado/ Gênero: comédia, drama, romance e terror./45 min de duração/Criadores: Newton Moreno, Claúdio Paiva e Gruel Arrares./Diretora:Flávia Lacerda/Exibida:8 de maio 2015 até 5 de julho de 2015 com 5 Eps.
  Como iniciei com ela vou dar continuidade, amorteamo foi exibida recentemente e implacou uma boa audiência a série se passa no Recife antigo, uma Recife fantástica do começo do século XX.
  Ela carrega em sua trama um melodrama estilo Tim Burton. A riqueza de detalhes, os figurinos, cabelos e cénarios (que Recife ajudou a compor) têm a teatralidade de Burton.
    Os personagens têm o sotaque dos pernambucanos carregados com uma especie lírica de poesia.
Enredo:
   Ambientada no Recife do início do século XX, a trama acompanha dois triângulos amorosos, e se inicia quando Aragão mata Chico, amante de sua esposa Arlinda, que concebe Gabriel no último minuto de vida de Chico. Após 18 anos, Gabriel está noivo de Malvina embora ame Lena, filha de Zefa, empregada de seu pai, visto que sua família passa por dificuldades financeiras. Para que os jovens não se envolvam, Aragão mente e diz que os dois são irmãos; mas no dia do casamento de Gabriel, Arlinda diz ao filho que o pai mentiu, fazendo com que o rapaz abandone a noiva no altar. Após várias desilusões amorosas, Malvina se suicida, se atirando de uma ponte. Com remorso, Gabriel abre o túmulo da moça, mas com isso, não só a moça como todos os mortos da cidade retornam à vida, incluindo Chico, que planeja se vingar de Aragão.
Veja algumas imagens:
 HOJE É DIA DE MARIA-
Minissérie/Gênero: drama,fantasia e musical/Duração:40 min (aproximadamente)/Criador:Carlos Alberto Soffredini/Exibição: 1º jornada- 11 de Janeiro de 2005-2º jornada-11 de outubro 2005.
   Quem aí se lembra? hshs sdds ❤
    A linguagem que remete a cidade do interior, a poesia proferida e vísivel, uma trilha sonora e interpretações impecáveis conseguiram nos prender de frente a TV nos remetendo ao universo da cultura popular com uma sofisticada e poetica arte televisiva.
   Fez adulto voltar a ser criança pow haha
Enredo:
    É a fábula infantil de uma menina órfã de mãe, cuja madrasta a seduziu com favos de mel para depois lhe dar o fel. Sua madrasta a enterrou nas terras do pai viajante e lá cresceu um capim muito verde. Quando o pai retornou, ao passar por aquele terreno, ouviu o canto da menina e a desenterrou, ressuscitando-a.

Cansada do inferno no lar, causado pela madrasta, Maria foge em busca das franjas do mar, e faz um longo passeio pelos contos populares brasileiros. Em sua viagem, se encontra com vários personagens fantásticos e é amparada pela imagem de Nossa Senhora da Conceição, que dá alento. Ao defender o amigo Zé Cangaia do demônioAsmodeu, que queria lhe comprar a sombra, Maria desafia o Diabo, que, irado, lhe rouba a infância.

De um dia para o outro, Maria acorda já adulta, e conhece o seu amado, um jovem vítima de uma maldição: durante a noite é homem, mas ao raiar do dia é transformado numpássaro que sempre a seguiu e protegeu desde menina. O amor de Maria tem dois inimigos: o Diabo Asmodeu e o saltimbanco Quirino, que apaixonado por ela e louco deciúme, aprisiona seu amado.

 Algumas frases marcaram, vamos conferir?!
“-A Sra. acha mesmo que amor sincero é lenda?
-Nunca tive amor sincero, mas ainda espero. Em algum lugar há de existir.”
“Pra quem tá perdido, qualquer caminho é rumo”
“O mundo vai se acabar não pelas guerras… mas pelas falências dos corações…”
“Quando sentir que não há lugar pra você nesse mundo, respire fundo, respire fundo. Reinventar! É preciso mudar você e o mundo”.
” olhar o teu sorriso, eh chegar ao paraiso sem precisar morrer.. “
CORDEL ENCANTADO
-Telenovela/Gênero:Drama, suspense./50 min/Criadores: Duca Rachid e Thelma Guedes/Diretores:Amora Mautner e Ricardo Waddington/Exibição:11 de abril de 2011
   Como não se encantar com um conto de fadas que se desenrola no sertão? A trama com certeza inovadora vinha com a tématica da literatura de cordel, outra arte oriunda no nordeste.
   Os figurinos, o vilarejo e até mesmo o sertão estavam bem retratados. Era o ambiente perfeito para o amor nascer, para disputas, gargalhadas e amostra da real cultura desse povo arretado. (E eu me incluo aqui, tá?! hshs)
   A novela Cordel encantado ainda foi a 1º novela das 18hrs a conquistar o troféu imprensa!
Enredo:
   A história se passa na cidade fictícia de Brogodó, localizada no Sertão Nordestino e aborda o triângulo amoroso entre Açucena, Jesuíno e Timóteo. Mas o que Açucena não sabe é que ela é a princesa do reino de Seráfia prometida ao príncipe Felipe. A origem de Jesuino também é oculta a ele, ele é filho do rei do cangaço, Herculano.
   A corte de seráfia retorna até o sertão quando descobre que Açucena não está morta como pensaram que havia acontecido na primeira vinda deles ao Brasil, assim que ela tinha acabado de nascer. Eles querem encontrá-la e casa-la com o príncipe para cessar a guerra entre os reinos, mas muitas coisas acontecem apartir daí.
   Bem, depois desse festival de cultura, arte e muitaaaa lindeza hshs vocês vão ter que concordar comigo, né?
   Espero que esse preconceito abestado acabe de vez, pelo amor de Deus! E espero que a televisão Brasileira saiba cada vez mais valorizar a diversidade línguistica e cultural do nordeste e de todas as regiões do país.
   Afinal, eu acredito que há alguma magia nesse sotaque gostoso que é o nordestino, porque né? Viram, só?
 Sotaque encantado? Creio que sim!
Deixo aqui uma trilha sonora pra vocês:
Minha princesa-Gilberto Gil e Roberta Sá
Bela flor-Maria Gadú
Carcará-Otto
Candeeiro encantado-Lenine
Circuladô de fulô-Caetano veloso
Ciranda de Maria
Melodia Sentimental
Circo e Melodia
Beijos com sabor de sorvete!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s